Saúde intestinal é responsável pela imunidade dos pets

O papel do intestino vai muito além da absorção dos alimentos

setembro 5, 2023
15:48
Compartilhe esta publicação:

Sumário

Na atualidade, o intestino deixou de ser considerado um órgão responsável apenas pela absorção de nutrientes e vem ganhando destaque também por seu papel fundamental na proteção do organismo, tanto participando da modulação da resposta imunológica quanto da proteção física contra agentes ou substâncias nocivas à saúde. Essa função sobre o sistema de defesa é ligada a três fatores: integridade da barreira intestinal, funcionamento de um tecido chamado tecido linfoide associado ao intestino, bem como de sua interação com a microbiota. Por isso, sua saúde é de extrema importância para saúde como um todo e também para a imunidade dos pets, e não deve ser negligenciada.

A alimentação é um dos principais fatores para manter a boa saúde deste órgão e, consequentemente, boa imunidade dos animais de companhia. Por isso, os tutores devem ficar atentos na hora de escolher o alimento que será oferecido a seus companheiros. “Cães e gatos se beneficiam de um alimento que contenha boas fontes de fibras e prebióticos em sua composição. Os prebióticos colaboram para o equilíbrio da microbiota intestinal, pois promovem condições de vida desfavoráveis para as bactérias ruins e, ao mesmo tempo, favoráveis para as boas”, orienta Mariana Fragoso Rentas, médica-veterinária da Adimax e doutora em nutrição de cães e gatos. “Manter o equilíbrio entre as quantidades de micro-organismos bons e ruins auxilia na digestão dos alimentos, na absorção dos nutrientes e na manutenção da barreira intestinal. Desta forma, contribui para um intestino saudável e para a imunidade dos pets”, explica a veterinária.

Além dos prebióticos na alimentação, as fibras exercem um papel importante, contribuindo também para o trânsito intestinal, equilíbrio da microbiota e para fezes firmes, bem formadas e com menos odor. Devido a importância da saúde deste órgão, Mariana orienta os tutores a ficarem bem atentos aos principais sinais de que algo não vai bem: “Sempre avalie a frequência, coloração, odor e consistências das fezes, estas são informações valiosas para o médico-veterinário durante as consultas. Nos casos em que o tutor identificar fezes pastosas, amolecidas, totalmente líquidas ou muito ressecadas, a recomendação é que leve seu pet para uma avaliação com o médico-veterinário de confiança. Também em caso de necessidade de troca do alimento habitual, o recomendado é consultar o profissional”, finaliza Mariana.

Cuidar da saúde intestinal dos pets, portanto, vai além de cuidar de seu sistema digestivo: contribui para sua saúde e bem-estar geral em todas as fases da vida.

Informações assessoria de imprensa, edição da redação


TAGS
Adimax ∙ nutriçãoclínica ∙ prescriçãonutricional

Endocrinopatias: guideline AAHA

Fonte imagem: Site AAHA Informações da assessoria de imprensa, edição da redação A American Animal Hospital Association (AAHA) lançou em abril o novo guideline com diretrizes sobre endocrinopatias selecionadas de [...]

Saúde intestinal é responsável pela imunidade dos pets

O papel do intestino vai muito além da absorção dos alimentos

setembro 5, 2023
15:48

Leia a Vet&share sem limites.
Libere agora seu acesso

Editora Share Publicações
Segmentadas Ltda
Redes sociais
vetshare@vetshare.com.br
Curitiba - PR
2024 Editora Share © CNPJ: 24.039.946/0001-20